Quem parte leva saudade morrendo de dor

O ministro da ciência e tecnologia Gilberto Kassab (PSD), esteve em Teresina para entrega de outorgas para migração de rádio FM e lançamento da banda larga, internet móvel de alta velocidade conectada a um satélite brasileiro para todo o Piauí, na oportunidade no uso de suas atribuições legais como presidente nacional do PSD confirmou a candidatura do deputado federal Júlio César, ao cargo de senador, correligionário e presidente da agremiação política no Piauí. Pelo que foi acordado o Júlio César formará chapa com o Wellington Dias, que concorre a reeleição ao governo do estado.

A tragédia anunciada joga por terra as intenções do deputado estadual Dr. Pessoa, que ao longo de três anos ocupou todos os espaços midiáticos, como também a tribuna da Assembleia Legislativa asseverando ser oposicionista ao governo e candidato ao cargo de governador. Recentemente ao conceder entrevistas, declarou que poderá concorrer ao senado.

Com base ao prenúncio deflagrado, o Pessoa ficou sem mel e sem cabaça, o máximo que conseguirá, será mudar de partido a 7 meses das eleições de 2018. Tenho convicção que não conseguirá recuperar o tempo perdido, elo que foi ventilado, os partidos que lhes asseguram legenda são tão fracos quanto caldo de peteca.

O recurso financeiro para custear campanha eleitoral em um estado com as dimensões territoriais do Pi são verdadeiras fábulas, tenho curiosidade em saber qual passe de mágica que o Pessoa fará para conseguir esses valores. São 224 municípios no estado, lembro-me em uma entrevista ao Bartolomeu Almeida, rádio Teresina FM, o deputado declinou ter visitado uma media de 60 cidades, enquanto isso o ex-ministro João Henrique, percorreu o Piauí de ponta a ponta com uma média de 3 visitas a cada município.

No frigir dos ovos para refeição misturado a farinha de croeira, as roceiras burguesas inúteis conselheiras do Pessoa, amargarão, desta feita do seu próprio veneno. Infelizmente tenho que informar a dificuldade que o Pessoa terá se retroagir a reeleição de deputado, apesar dos seus esforços pessoais a tropa que o assedia foram exímios em fazer gol contra, desconstruindo suas exíguas propostas repetidas a exaustão.

É cientificamente comprovado que o político que detém mandato, tem prazo de validade, é necessário haver intenso trabalho de renovação, novas performances, inédita criatividade dos modus operandi para a conquista do voto e manutenção do respeito e admiração do eleitorado.

A meu ver esses prefeitos não foram levados em consideração, o assédio dos pares, amigos de última hora e falsos amigos, verdadeiros rinocerontes travestidos de ingênuos coelhinhos, são manobras para destruir os que incomodam suas ascensões criminosas, aí está uma das mazelas que levará o Pessoa a chorar na cama que é lugar quente.

Dou como exemplo para fundamentar com termo probante autêntico, a derrota do trator, ex-governador do Piauí, vitima de rasteira baiana do velhinho trabalhador e do seu impiedoso grupelho eleitoral.

Carlos Amorim DRT 2081



Este texto foi publicado em sexta-feira, janeiro 12th, 2018 às 10:23 am na(s) categoria(s) Crítica, Geral. Você pode acompanhar todos os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou dar trackback através do seu próprio site.

Deixe um comentário

Seu comentário