Murro em ponta de faca é burrice

Segunda-feira 3 de dezembro do corrente ano a concessão pública rádio difusora em descontraído, alegre e sorridente bate papo entre o detentor dessa concessão Mário Rogério da Costa Soares, Pedro Tamanco e Marcelo em suas costumeiras críticas, algumas com o objetivo de massagear egos de políticos, safados e bandidos outras de ludibriar o gado novo, gado velho e gado doente, grande parte formado por desprovidos e proletariados excluídos dos guetos e muquifos, presa fácil a espertalhões, falastrões e enganadores.

O fato que me chamou atenção foi a participação de um ouvinte de prenome Geraldo, contumaz em cometer despautérios, inconsequências na tentativa de impor seu torpe pensamento garganta a baixo dos demais sintonizadores da caduca emissora. Em violento ataque verbal calunioso, difamatório e criminoso adjetivou por várias vezes o presidente eleito Jair Bolsonaro de imbecil, incompetente, ignorante, cobras e lagartos e etc. o que me causa espécie é a conivência do Mário Rogério, que se porta como palmatória do mundo, promove severa triagem dentre os ouvintes participantes da molecagem que ele adjetiva de programa, impondo censura a quem não corrobora ou não aceita seus proselitismos políticos, comentários tendenciosos e maledicente.

No caso em baila é obvio pela sua omissão e parcimônia, é adepto indubitavelmente ao ataque a honorabilidade do presidente eleito da república federativa do Brasil, entendo que esse tipo de procedimento é passivo de penalidade rigorosa por parte do Ministério da Justiça, como também punição competente pelo ministério das comunicações. Pasmem os senhores pela gravidade dos ataques, não houve uma única vírgula como repreensão ao ato desastroso e desrespeitoso submetido ao presidente eleito por um desclassificado ouvinte em suas manifestações.

É perceptível a degradação que sofre o rádio no Piauí, a concessão pública rádio Antares AM de propriedade do governo do estado promove verdadeira estupidez, quando em sua linha editorial proíbe na grade de sua programação jornalística qualquer tipo de informação referente aos atos do presidente eleito, principalmente ao processo de transição e nomeação dos componentes do 1º escalão do governo. Dia 29 foi uma segunda-feira após a eleição vitoriosa do Bolsonaro, até a presente data não foi veiculado qualquer tipo de informação referente ao presidente aleito.

Neste domingo dia 2 o presidente Bolsonaro marcou presença na partida de futebol entre seu clube do coração Palmeiras X vitória, nenhuma vírgula foi mencionada sobre o fato histórico, enquanto isso, todas as emissoras do Brasil e do mundo manchetaram e noticiaram o momento festivo do presidente no gramado do estádio junto aos campeões, se confraternizando alegremente com o título de campeão brasileiro após 23 partidas vitoriosas no certame.

Há um adágio popular muito conhecido dos brasileiros: “Quem pode mais, chora menos”, lamentavelmente neste quesito a rádio Antares será arrebentada e pisoteada pelo rolo compressor do governo federal, é inconcebível a irresponsabilidade promovida pelos responsáveis dessa emissora ao gerar contra o presidente eleito do Brasil retaliação, represália, exclusão, discriminação e outros adjetivos negativos, com a imaginação de que esses gestos, atos e ações possam prejudicar ou diminuir a importância de Jair Bolsonaro perante o Brasil.

Essa matéria será lincada para alguns ministérios da república para que penalidades e punições rigorosas sejam imputadas a essa estatal do Piauí. É de conhecimento público que o presidente eleito Jair Bolsonaro, dentro da reforma promovida extinguirá ou privatizará a EBC, sendo esse processo realizado, a rádio Antares estará fadada a generalizada falência, quando será isolada e restrita sua programação em âmbito local. Com base em informações do presidente, o ato de privatização das emissoras públicas federais gerará um lucro de um bilhão de reais aos cofres da união. Em relação a rádio Antares AM, esta terá despesa de um milhão de reais de aluguel de satélite para suas transmissões em rede.

Aviso aos navegantes: Quem pode manda, quem tem juízo obedece, 31 de janeiro vem aí, aguardemos com muita expectativa as reformas e mudanças substanciais que essa nação sofrerá.

Carlos Amorim DRT 2081



Este texto foi publicado em terça-feira, dezembro 4th, 2018 às 9:19 am na(s) categoria(s) Crítica, Denúncia, Geral. Você pode acompanhar todos os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou dar trackback através do seu próprio site.

Deixe um comentário

Seu comentário