Missiva ao Planalto

Teresina, 3 de janeiro de 2019


Excelentíssimo Senhor, Jair Messias Bolsonaro

Presidente da República Federativa do Brasil

Com minhas cordiais saudações e devido apreço a vossa excelência, tomo posse deste instrumento para comunicar e denunciar ato arbitrário e criminoso promovido pela concessão pública Radio Antares AM ZY921/800, emissora pertencente ao governo do estado do Piauí, após a vitória do pleito eleitoral realizado em 28 de outubro do 2018 tenho acompanhado a programação da emissora a cima citada, especificamente o conteúdo da linha editorial da Rádio Antares o programa “Jornal da Antares”, veiculado de segunda a sexta-feira de 6 as 7 horas.

Existe nocivo processo de ignorar todos os atos do então presidente eleito Jair Bolsonaro, na ocasião sequer uma vírgula referente aos atos, atitudes e posturas do processo de transição foi mencionado na programação declinado nesse texto. Vossa Excelência têm concedido centenas de entrevistas, nenhuma delas teve o áudio reproduzido no sistema Antares de Rádio AM.

O processo de diplomação do presidente eleito repercutiu em todo o Brasil e em vários países, da mesma forma a histórica posse testemunhada in loco por 115 mil pessoas e transmissão em rede não mereceu nenhuma consideração por parte do departamento jornalístico da rádio denunciada, é explícito o processo de retaliação, represália, exclusão e discriminação promovido por gestores públicos de descompromissados e tendenciosos comunicadores, ao negarem veementemente as informações decorrentes do extraordinário feito cívico protagonizado pelo presidente no ato da posse, quando encantou e entusiasmou o povo dessa nação com discursos e palavras que o povo brasileiro a muito desejava ouvir.

Anexando a este comunicado, algumas matérias pautadas no site www.olhodeaguia.com, cujo conteúdo é do conhecimento das assessorias do deputado estadual Flávio Bolsonaro, senador eleito, vereador Carlos Bolsonaro, deputado federal Eduardo Bolsonaro e senhora Fátima, assessora de comunicação no processo eleitoral. Fica a cargo de vossa excelência a punição adequada de forma rigorosa aos recalcitrantes e autores de brutal desrespeito à autoridade do presidente do Brasil.

Carlos Amorim DRT 2081



Tags:
Este texto foi publicado em quinta-feira, janeiro 3rd, 2019 às 8:49 am na(s) categoria(s) Denúncia, Geral. Você pode acompanhar todos os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou dar trackback através do seu próprio site.

Deixe um comentário

Seu comentário