Microfone transformado em veneno de cobra

O adagio popular antiguíssimo diz: “Quem bate esquece, quem apanha lembra”, fato fortalecedor ao portador da patologia de amnésia cronica, vejamos: Há 40 dias participei do programa da rádio Teresina FM, ancorado pela radialista Lícia Assunção, na ocasião comentei a irresponsabilidade do prefeito Fifi ter como palco a seu bel prazer a Praça Mal. Deodoro da Fonseca, reduto de drogadição, venda de produtos roubados, pratica de sexo explícito a luz do dia, antro de prostituição, sendo as putas exploradas publicamente.

A radialista retrucou arguindo um ar de moralidade indevida para o caso: Calos Amorim, você não pode está falando desta forma na rádio, pois tem muita criança ouvindo o programa. O tempo passa o tempo voa e a poupança Bamerindus nem existe mais, eis que chegou quinta-feira 24 de agosto de 2017, o repórter Walcy Vieira, trouxe aos ouvintes da Teresina FM a informação que em São Luis capital do Maranhão, no convento das Mercês haverá encontro nacional das prostitutas, estarão reunidas todas as putas do Brasil, na matéria enfatizou o trabalho da associação das putas de Minas Gerais, enumerou várias instituições do ramo da venda do sexo enfatizando com riquezas de detalhes o trabalho das entidades nacionais protetoras das putas membros associativos dessas entidades, declinou que o evento tem objetivo de discutir direitos legalmente constituídos, proteção contra doenças sexualmente transmissíveis, atualização de valores a serem cobrados e debate referente a contrato de trabalho assinado em carteira.

O cômico se não fosse drástico é que a jovem radialista esqueceu da sua postura estabelecida anteriormente, interagindo com o repórter efetuando uma série de perguntas sem sequer ao menos pensar na existência de crianças ouvindo seu comentário. O comentarista do programa de prenome Chico, entrou na questão asseverando a existência de associação das putas do Piauí, que tinha conhecimento de verbas públicas direcionadas a instituição, embora não tivesse conhecimento de local onde está estabelecido a sede, aventou a possibilidade de ser na residência da própria presidente.

Em conformidade com a descrição dos fatos esta matéria foi esclarecedora e muito importante para o desenvolvimento e progresso principalmente da mulher, mais uma vez constato que a função de informar por parte dos comunicadores incoerentes e contraditórios se agiganta de forma depreciativa e desmoralizadora aos que tem o jornalismo como missão perante a opinião pública, com dignidade, responsabilidade e compromisso.

A música santo Cristo do Legião Urbana, em uma de suas estrofes qualifica uma de suas personagens de “filho da puta” por várias vezes, o Aviões do Forró tem uma das faixas do seu último CD a frase “vai começar a putaria”. Esses dois exemplos os coloco apenas como lembrete, pois já mencionei em uma matéria anterior essas expressões que são contumazes no mundo fonográfico atual.

Minha tataravó deixou como legado insistente apelo: “Quem diz o que quer, ouve o que não quer”, portanto o giro tentado pela Lícia Assunção transformou-se em jirau de talo de buriti, ou seja, sua máscara caiu na inútil tentativa de gerar repercussão midiática indevida usando o chapéu alheio.

Carlos Amorim DRT 2081



Este texto foi publicado em sexta-feira, agosto 25th, 2017 às 8:20 am na(s) categoria(s) Crítica, Geral. Você pode acompanhar todos os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou dar trackback através do seu próprio site.

Deixe um comentário

Seu comentário