Índio pidão do Piauí perdeu o rebolado

Domingo 28 foi dia histórico para o povo brasileiro, quando foi eleito o deputado federal Jair Bolsonaro, proclamado presidente da República Federativa do Brasil com sufrágio acima de 57 milhões de votos. Para mim é motivo de incontida felicidade em razão da derrocada destruição dessa quadrilha formada pelo PT, quando esses canalhas defenestrados de uma vez por todas do poder serão jogados na vala comum de onde nasceram e que não serão resgatados jamais, especialmente os bandidos vermelhos do estado do Piauí que ao longo de 20 anos cometeram toda sorte de crimes, indo do furto a corrupção de gigantescos níveis.

Para culminar com a derrota desses malditos nas urnas, receberam o apoio do acovardado ministro Joaquim Barbosa, que rasgou sua biografia e decepcionou os brasileiros por ter sido enquanto autoridade da Suprema Corte Federal relator do mensalão, colocando petistas intocáveis na cadeia, ato que só agora entendo nocivo ao Brasil, pois era apenas um faz de contas, o objetivo principal era enganar, vilipendiar e ludibriar a população brasileira, pois demonstrou com sua adesão ao PT ser inconveniente, irresponsável e descompromissado. Acredito piamente que o inesperado gesto contribuiu de forma sobrenatural para a derrocada do Haddad, representante legítimo do condenado e prisioneiro Lulalá.

Perdi a credibilidade desse gênio da cocada preta, quando se cagando de medo alardeou aos quatro cantos do país estar ameaçado de morte, com esse pretexto pediu aposentadoria precoce para vagabundar mundo afora, alguns incautos o assediaram para que se filiasse a um partido para concorrer a presidência da república, como sua coragem é menor que uma semente de fumo, empurrou com a barriga ate onde pode, ao desistir da proposta usou como escudo a sua família que não aceitava em hipótese nenhuma o honroso convite.

Pela segunda vez demonstrou ser medroso e inconveniente a partir do momento que assustado com a bravata de um parceiro seu em um restaurante, abandonou o local em desabalada carreira em direção ao seu automóvel e sumiu pisando fundo no acelerador, portanto um indivíduo com esse tipo de procedimento já deu o que tinha de dar.

Graças a força da mãe natureza, com base nos adágios, “está no lugar certo, na hora certa ou o cavalo passou selado em sua frente, aproveitou a oportunidade e montou”. Talvez esses ensinamentos populares justifiquem seu assento no STF simplesmente um ato do acaso.

Excelente foi o discurso do presidente eleito após a proclamação do resultado nas urnas, asseverou em alto e bom tom que o fundo de participação dos estados e municípios será rigorosamente cumprido, entendo que foi um aviso aos petistas de cuia na mão contumazes em irem pedir esmola ao presidente em Brasília para resolverem os problemas que eles mesmos criaram, o rigor dessa determinação presidencial veda, proíbe e impede que os viciados governadores que gastam mais que arrecadam irão a partir de primeiro de janeiro pedir socorro financeiro no raio que o parta, o caminho de todos eles será o município símbolo nacional da fome, Acauã/PI local de expressiva votação do Haddad, três mil a cinquenta e nove, é importante informar que a fome de um povo é a mola mestra para manutenção de políticos ladrões, bandidos e corruptos.

Carlos Amorim DRT 2081



Este texto foi publicado em segunda-feira, outubro 29th, 2018 às 8:24 am na(s) categoria(s) Geral. Você pode acompanhar todos os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou dar trackback através do seu próprio site.

Deixe um comentário

Seu comentário