Futuros hóspedes de viadutos e pontes

Sábado(9) programa Revista Semanal apresentado por Rodolfo Vale, diretor da rádio Antares AM ZY 921 800, pela primeira vez desde 28 de outubro após a vitória do presidente Jair Messias Bolsonaro, teceu comentário informativo de um minuto, referente a terceira cirurgia que o presidente foi submetido, dando conta que a recuperação era boa, havia retirado o dreno e fazia caminhada no hospital com acompanhamento médico, recuperação satisfatória conforme avaliação da junta médica, apenas e tão somente essa minúscula referencia veiculada por essa concessão pública pertencente ao governo petista do Piauí.

Faço esse registro com o objetivo único de manter meu critério analítico de forma digna e honesta, embora tenho que me esforçar intensivamente para identificar um minúsculo grão de areia do fundo de um oceano como sendo compensativo o ato do Rodolfo, por prejuízo causado ao presidente da República, vitima das atitudes criminosas do departamento jornalístico da emissora inutilmente trabalhando para ignorar o noticiário produzido pelos atos, ações, atitudes e gestos do presidente mito do Brasil. Essa corja tem que reconhecer 57.797.847 sufrágios nas urnas eletrônicas do Brasil que garantiram a vitória democraticamente ao presidente de todos os brasileiros atualmente.

É nítido e facilmente identificável a maledicência dos gestores dessa emissora em proceder de forma medíocre violento processo de retaliação, represália, exclusão e revanchismo em desfavor de Jair Bolsonaro, apenas e tão somente por discordarem das severas reformas que serão impostas para moralizar, disciplinar e corrigir crimes gritantes no processo administrativo brasileiro, defenestrando de vez por todas atos de corruptos, bandidos, assaltantes do erário e servidores que se locupletam e roubam a merenda escolar de criancinhas, remédios de velhinhos e se apropriam das casas edificadas para sem tetos.

Os canalhas que ainda anseiam promover piquenique com a coisa pública, apodrecerão na cadeia, graças ao pacotão do superministro Sérgio Moro, ex juiz federal que detonou e condenou Luis Inácio Lula da Silva, que permanecerá encarcerado por décadas a fio graças a Deus, para pagar todos os crimes projetados para quebrar o Brasil e os brasileiros.

O presidente da República, o ministro da casa civil, ministro da justiça e ministro das comunicações devem ao tomarem conhecimento desse ultrajante e criminoso episódio, detonar os promotores e idealizadores do nocivo ato contra o presidente Bolsonaro, instituição nacional, maior autoridade administrativa da nação.

Carlos Amorim DRT 2081

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *