Expulsão por chute no rabo

Sábado(19) ao sintonizar a concessão pública rádio Antares AM ZY921-800 me deparei com o programa revista semanal apresentado pelo diretor da emissora Rodolfo Vale, veiculado as 6 da manhã. O que me causou espécie e estarrecimento foi a irresponsabilidade da pauta jornalística. Os veículos de comunicação do planeta terra estão atentos ao Fórum Econômico Mundial, que ocorrerá em Davos na Suíça, quando o presidente brasileiro abrirá o encontro.

Há uma repercussão gigantesca referente ao discurso do presidente Jair Messias Bolsonaro, autoridade máxima do poder executivo do Brasil. Duas questões aguçam as expectativas da imprensa mundial, uma prende-se ao comparativo do presidente dos Estados Unidos classificando o presidente do Brasil como sendo o Donald Trump do continente sul-americano, ao contrário da Antares nem uma única vírgula foi mencionada referente a viajem do presidente brasileiro realizada neste domingo com destino a importantíssimo encontro mundial, quando haverá intensos debates, formação de parcerias com países desenvolvidos, na ocasião o Brasil será apresentado como nação de grandes possibilidades para receber investimentos do empresariado internacional, como também trabalhar o fortalecimento de nossas exportações.

A comitiva do presidente Bolsonaro formada com os mais destacados e competentes ministros, dentre eles o ex-juiz Sérgio Moro, representando a pasta da justiça. Não consigo entender o processo de retaliação, represália, exclusão e desmoralização aos atos do presidente da república brasileira vitimado pela rádio Antares AM, que promove todas as formas para invisibilizar, neutralizar, ignorar, impedindo a divulgação, propagação e massificação do importante trabalho desenvolvido pelo presidente Bolsonaro.

Já comuniquei esses indecorosos procedimentos ao presidente através de ofício, pedindo punição severa aos protagonistas dessa excrescência ou revogando a concessão pública da falida emissora, é inaceitável que o governo do Piauí, estado mais pobre das unidades federativas nacionais, onde a fome câmpea, o analfabetismo, bate todos os recordes, o desemprego é assustador, o número de analfabetos funcionais é degradante e humilhante perante a nação, detêm o menor PIB do Brasil.

O governador Wellington Dias, contraiu empréstimos de bilhões empurrando o estado para a promoção do maior calote de todos os tempos a rede bancaria, vaticino sem medo de errar, é verdadeiramente uma dívida impagável, a ousadia, petulância, audácia, irresponsabilidade desses petistas em promoverem esse tipo de crime, não tem em absoluto sustentação lógica, pois indubitavelmente necessita de auxílio do governo federal na pessoa do presidente Jair Bolsonaro, para que não morram de fome ao enfrentar a indignação, revolta e repúdio do presidente.

Estamos há 10 dias da posse de um novo secretariado, tenho convicção que a mobilização social pública organizada vai exigir demissão sumária desses calhordas que envergonham o estado do Piauí, são oportunistas, venais, mercantilistas, desonestos e corruptos, é chegada a hora que o ministro das comunicações, da justiça e da casa Civil adotem providências imediatas e viris, colocando toda essa quadrilha no lugar que merece, cadeia na forma incomunicável e isolada.

Carlos Amorim DRT 2081



Este texto foi publicado em segunda-feira, janeiro 21st, 2019 às 8:55 am na(s) categoria(s) Crítica, Denúncia, Geral. Você pode acompanhar todos os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou dar trackback através do seu próprio site.

Deixe um comentário

Seu comentário