Estatal em desalinho

O premio que um trabalhador recebe após cumprir sua tarefa laboral é a remuneração atualizada, é a recompensa maior para incentivar o trabalhador a desempenhar suas funções com mais entusiasmo, orgulho e amor pelo qual está fazendo.

Comenta-se a boca pequena que um veículo de comunicação estatal encontra-se em desalinho com o que determina a CLT. Seus abnegados profissionais, cabisbaixos, acabrunhados, com seus compromissos inadimplentes são obrigados a permanecerem calados. A sociedade piauiense almeja uma comunicação digna, imparcial, informativa, independente e responsável. Como perguntar não ofende: Como um profissional sofrendo todo esse descaso pode prestar um trabalho de excelência? Vamos parar, suspender ou cancelar todo tipo de projeto e obras para colocar em dia se for o caso o salário do trabalhador que é aquele que move a mola mestra do progresso e do desenvolvimento.

Temos em nosso passado, histórico de fatos deprimentes como esse que relato. Imaginei que após a árdua luta para chegarmos a uma consolidação com nosso processo democrático e em seguida com o advento da constituição cidadã de 1988, os trabalhadores principalmente das estatais jamais provariam dissabores amargos como esse. E necessário o empenho de todos, parlamentares, executivos, judiciário e demais autoridades constituídas para que se juntem em busca de encontrar uma solução para esse delicado e crítico episódio, pois merecemos ser felizes aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima