Enigma lotérico

economia-mega-da-virada-20171227-001Geralmente nos finais de ano acontecem as previsões, os vaticínios, as premonições por parte de babalorixás, macumbeiros, feiticeiros, cartomantes, adivinhos, seres humanos dotados de poderes extraordinários de indiscutíveis contatos com seres do além.

Ouvi entrevista de uma numeróloga em uma televisão, informando que os números que dominariam os últimos dias do final do ano 2017 seriam notabilizados com registros oficiais em vários acontecimentos que definiria a somatória final de dois números ímpares, sendo a unidade 1 e a unidade 7, a junção formando a dezena 17.

Vejamos:

- Todos nós sabemos que o ano que findou foi 2017, se somarmos os números da data 31 +12 + 2017 teremos o resultado conclusivo com a dezena 17.

- O salário-mínimo decretado no final de dezembro, teve como aumento 17 reais.

- A queima de fogos no réveillon do Rio de Janeiro realizado na praia de Copacabana teve a duração de 17 minutos.

- O sorteio da Mega-Sena da virada, dentre as dezenas sorteadas uma delas foi de número 17.

- O número de ganhadores do maior prêmio das loterias da Caixa Econômica Federal foi dividido entre 17 sortudos.

Nessa terça-feira (2) estive debruçado em análise referente a realidade da previsão numerológica inconteste, referente as coincidências do poder positivo dos dois números ímpares acima mencionados, repetidos em conformidade com o que foi comentado pela numeróloga.

O âncora do programa pediu que ela desse algumas dicas de números fortes para o sorteio que seria realizado no último dia do ano, ou seja, 31 de dezembro, a numeróloga teceu alguns comentários, fez um preâmbulo de dois números ímpares o 1 e o 3, falou de energias positivas, que o número 3 não tem divisão exata e que quem acreditasse poderia fazer junções e somas dos números indicados, por exemplo: Como a dezena 31 não tem nenhum número antes, acrescentaria um 0 que não alteraria o valor da unidade 3, em seguida somaria os números 3 do 03 mais o 3 do 31 mais a unidade 1 daria 7, como existe na soma dois números 3 prevalece um deles que formaria a dezena 37 que poderia tambem formar a dezena 73, mas é inexistente esse número para o tipo de sorteio.

O 31 naturalmente seria contemplado no prognóstico, somaria como última opção o 3+1 que forma o número do último dia do ano, como há prevalência das duas unidades, formaria a dezena 34 ou 43, a outra dezena seria a fatídica 17, portanto quatro dezenas do sorteio da megassena da virada do ano passado foram disponibilizados aos brasileiros antecipadamente que são 03-34-37 e 17, talvez essa seja a razão pelas quais os acertadores da quina que geralmente paga prêmio superior 50 mil reais contemplou os acertadores com apenas 10 mil reais. Se eu tivesse levado a sério os prognósticos divulgados. A título de informação nasci em 10/06/1951.

O poeta em sua nobre arte asseverou: “O amor tem razões que a própria razão desconhece”, sendo que os números determinam em sua trajetória natural, divisões de fluidos positivos e negativos, ao acrescentar uma letra ou um algarismo para alterar a soma de um produto, cultura herdada dos Incas, Fenícios e Maias, viva entre nós, apenas não temos o conhecimento sequer razoável para entender e praticar, são detalhes que especialistas e profissionais desse segmento falam ao mundo atingindo apenas meia dúzia de místicos indivíduos atentos a esses valores, indubitavelmente autênticos e reais, exemplo Sandra de e Jorge Ben Jor, ínfimos exemplos, apenas eles podem explicar seus motivos para tal.  

Carlos Amorim DRT 2081



Este texto foi publicado em quarta-feira, janeiro 3rd, 2018 às 12:05 pm na(s) categoria(s) Geral. Você pode acompanhar todos os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou dar trackback através do seu próprio site.

Deixe um comentário

Seu comentário