Dr. Desculpe nossa falha

Ex-deputado estadual Elias Ximenes do Prado, popular galinha d’água, político respeitável, digno, honesto, que dispensa comentários em virtude de sua trajetória de vida pública, irrepreensível irretocável e inquestionável, logo que retornei a Teresina em 2000 o conheci ao me filiar ao PDT o identificando imediatamente tratar-se de um cidadão de grande experiência política, extrovertido, brincalhão, amigo de todas as horas, detentor de virtude exótica, amigo dos amigos e também amigo dos inimigos, minhas visitas a este monstro sagrado foram repletas de felicidade, alegria e muita conversa dos áureos tempos e reminiscencias de eventos nos bastidores.

Em certa ocasião prestes a se afastar definitivamente do gabinete no setor das lideranças no térreo da Assembleia Legislativa, batemos longo papo durante toda manhã, em dado momento referiu-se ao seu primeiro mandato como prefeito de Parnaíba e ao chegar em sua fase final de político com mandato referindo-se ao último que exerceu como deputado estadual, saiu-se com essa expressão: Político sem mandato é como puta velha em cabaré em busca de clientes, portanto estou satisfeito por todo trabalho que desenvolvi em prol do Piauí e do seu povo, o melhor que eu faço é ir embora para minha casa e ficar apenas observando o movimento dos novatos.

Faço esse preâmbulo contando fatos do meu velho amigo galinha d’água, para me referir a um comentário infeliz da jornalista Samantha Cavalca, no programa ancorado pelo Amadeu Campos, vários comentaristas e debatedores tentando prever ou vaticinar o futuro dos deputados estaduais com assento na Assembleia Legislativa do Piauí.

A jornalista que se considera a rainha da cocada saiu-se com a seguinte ignomínia: O Dr. Pessoa fez comentários críticos a TV Meio Norte de forma injusta, eu sempre divulguei seu trabalho nos programas que faço, se eu fosse o Paulo Guimarães não permitiria esse deputado passar próximo a TV Meio Norte.

A esse tipo de procedimento indigno, excludente e petulante considero ser apenas e tão somente vaidade, orgulho, falta de conhecimento e ética profissional. Tenho certeza que quando passar essa sua fase de oba-oba se arrependerá de seus arroubos, indelicadezas e ofensas a quem conhece superficialmente. Percebe-se que o ex-deputado Matusalém do Piauí está coberto de razão em suas afirmativas referente ao político sem mandato, é a classificação dada ao meu amigo José Pessoa Leal, popular Zezinho da Água Branca ou simplesmente Dr. Pessoa.

Há um adágio muito conhecido que diz: Quem quiser saber o que é o ser humano, lhe dê poder. Em meus parcos conhecimentos dois cânceres da sociedade, inveja e vaidade são sentimentos obsoletos com objetivos inócuos.

Essa senhora oriunda da lavra do Silas Freire, ascendeu vertiginosamente a partir do mandato desse comunicador a deputado federal, cresceu de forma exponencial em pouco tempo, é perceptível que ainda não se adaptou, ou seja, não se acostumou com o trânsito que detêm junto a autoridades federais componentes do Congresso Nacional, qualquer principiante em curso de comunicação aprende o básico do básico, o entrevistado deve ser identificado ao grande público pelo seu cargo, classificação profissional, senhor, senhora Doutor e Doutora, mas a jornalista em questão demonstra em suas entrevistas ser íntima dos entrevistados de forma escandalosa e inverídica, ato estúpido que denota imaturidade e antiprofissionalismo.

Recentemente em um link disse o seguinte: A pouco estive com o Átila, imaginei que estivesse se referindo ao porteiro do prédio onde reside, mas tratava-se do deputado federal Átila Lira, com 40 anos de mandatos detendo invejável currículo, empresário do setor de educação, da construção civil, pesquisador, mestre, ex-secretário de educação e outras ocupações em centenas de cargos do governo do Piauí, portanto seria importante que a cúpula do comando da TV Meio Norte retirasse o tamanco de salto Luís XV do pé dessa senhora o substituindo por uma sandália japonesa da fábrica humildade.

Caro Pessoa, em um futuro próximo mandato pode ter certeza que a mão que hoje te espanca será a mesma que te agraciará em outro cargo.

Carlos Amorim DRT 2081



Este texto foi publicado em sexta-feira, janeiro 11th, 2019 às 8:52 am na(s) categoria(s) Crítica, Denúncia, Geral. Você pode acompanhar todos os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou dar trackback através do seu próprio site.

Deixe um comentário

Seu comentário