Contêiner, mala de navio

No início desta semana o governador do Piauí Wellington Dias, anfitrião de reunião com os 9 governadores do nordeste realizada no restaurante Coco Bambu, um dos points mais caros do estado discutiram abundantemente o sexo dos anjos, em substituição ao objetivo principal referente o combate a violência e o crescimento da criminalidade.

Tenho convicção que Rui Barbosa ficou de quatro ao tomar conhecimento do conteúdo do debate, descobriram que o grande problema são as fronteiras do Brasil, absolutamente abertas a livre ação de toda sorte de ações ilegais, tal procedimento a meu ver, semelhante a redescoberta da pólvora, alguns mais iluminados se desdobraram em explicações obvias e incontestáveis, exemplo, a bandidagem dos grandes centros oriundos do sul e sudeste do país estão migrando para o nordeste e fazem a festa, assaltando, roubando, matando e estuprando, deixando bem claro que somos incapazes de vislumbrar um palmo a frente da nossa venta.

Gostei do pronunciamento do governador do Ceará, o qual quero parabenizá-lo, declinou que no seu governo contratou 9 mil policiais, na ocasião fez uma observação, o quantitativo não é o suficiente, mas ameniza bastante para manter a ordem no seu estado.

O índio vaqueiro por sua vez mencionou alguns tópicos de uma semana de turismo na Europa, disse que esteve em Madrid na Espanha, tomou conhecimento que naquela metrópole houvera durante este ano 13 homicídios, enquanto no Piauí foram 600, honestamente não consegui entender o tipo de comparação manifestada, reconheço no pífio pronunciamento que o governador do Piauí estava mais perdido que cego em tiroteio, acredito que temeu informar que em quase 4 anos de mandato prometeu contratar 400 policiais militares e até a presente data ficou apenas na promessa, fato constatado ao longo de sua trajetória política através de suas falsas promessas, desonrando o que assume.

O lero-lero do Wellington Dias aos veículos de comunicação, assegura que o estado está quebrado, com suas economias mais trituradas que cuim(alimento para porcos), tem se safado contraindo empréstimos em diversas instituições, o mais recente foi realizado na Caixa Econômica Federal no valor acima de 300 milhões de reais, cujo recurso tem dificuldade em informar onde o aplicou, mas de forma descarada pleiteia a outra parte do empréstimo no montante a superar 600 milhões, mesmo sem a mínima justificativa plausível. Graças a Deus a instituição financeira negou o pleito, a meu ver esse senhor já tem norral para apodrecer na cadeia com base no histórico de delapidação do erário.

O deputado estadual Robert Rios, em pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa, demonstrou imensa indignação com o tamanho dos camarões que foram servidos no evento, em um estado onde o povo está morrendo de fome, enquanto isso o governador tem despesa de 6 mil reais diariamente na sua cozinha.

Os servidores do estado que realizaram empréstimo consignado com desconto em folha estão com seus nomes negativados em todos os departamentos de restrição de crédito em virtude de não haver o repasse das parcelas aos credores descontado na fonte.

Como o tema do encontro era violência, seria importantíssimo que tivesse havido debate em todo esse questionamento indecente, imoral e injusto protagonizado pelo governador papo furado do Piauí. O que é incompreensível a quem tem perfeita massa encefálica é a permanência desse indivíduo no topo das pesquisas para a reeleição neste 2018. O adagio popular assevera: “O pior cego não é aquele que tem a ausencia da visão, e sim aquele que não quer ver”(trata-se então do verdadeiro cego mental).

A título de informação, ao final do ano passado o governador vaselina de tutano, baixou portaria suspendendo pagamento de todos os empenhos que seria pago aos credores, resultado, o tresloucado ato criminoso quebrou e faliu definitivamente centenas de empresas que venderam seus produtos fiado a este governo desonesto.

Carlos Amorim DRT 2081



Este texto foi publicado em sábado, março 10th, 2018 às 9:52 am na(s) categoria(s) Crítica, Geral. Você pode acompanhar todos os comentários deste post através do feed RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou dar trackback através do seu próprio site.

Deixe um comentário

Seu comentário