Carlos Amorim

Carlos Amorim, aos 33 anos perdeu a visão em decorrência de um glaucoma, nessa ocasião residia no Rio de Janeiro onde recebeu as primeiras informações para viver a nova realidade que apresentava-se como um desafio a ser vencido. Percebeu com facilidade a estupidez da sociedade em desrespeitar, excluir, discriminar e desvalorizar a pessoa com deficiência. A partir de então travou uma luta titânica com a finalidade de educar, conscientizar, informar e sensibilizar as pessoas, autoridades e poderes constituídos, principalmente com todas as atenções voltadas a respeitabilidade da legislação vigente do Brasil pertinente a pessoa com deficiência. Tendo encontrado barreiras quase que intransponíveis, mas existe uma esperança em um número reduzidíssimo do contingente populacional do Brasil que também está encampando essa tarefa. A cada instante procura ocupar todos os espaços para divulgar essa necessidade premente como está sendo feito nesse veículo. A maior barreira encontrada não são as arquitetônicas, são de fato as atitudinais, quebradas essas barreiras teremos o nosso reconhecimento alcançado como pessoas produtivas, instruídas, competentes e que a cultura retrógrada do “CEGUINHO COM A CUIA NA MÃO” seja extirpada das mentes e dos corações da sociedade brasileira. Houve nesse processo de transição pós cegueira um intenso aprendizado, participações em congressos seminários, fóruns nas mais variadas unidades da federação brasileira, culminando com o reconhecimento de algumas instituições que perceberam sem muito esforço a importância do trabalho desenvolvido em benefício do bem estar da comunidade de pessoas com deficiência do estado do Piauí, em conformidade com certificados, títulos e diplomas expostos em visitações dos internautas. Enfim apresenta-se ao conhecimento de todos “OLHO DE ÁGUIA” projeto educativo, como uma prestação de contas do serviço prestado a comunidade de pessoas com deficiência do estado do Piauí ao longo de dez anos, tendo como conteúdo em suas 32 faixas de gravação em áudio, matérias institucionais, educativas, denúncias, reproduções de participações em rádio e televisão, entrevistas feitas e concedidas pelo autor desse projeto, reconhecimento de serviços e elogios a autoridades constituídas, pessoas físicas e jurídicas, todo esse trabalho voltado para a conscientização, informação e educação de todos, para o atendimento adequado às necessidade da pessoa com deficiência. É importante a participação de todos nessa nossa empreitada, não se recuse a colaborar. Carlos Amorim

ASA, ferida crônica sangrando

O cego, a cega, o mudo, o surdo, o doido, o aleijado, o paraplégico, portador de deficiências, portador de necessidades especiais e outros, são as nomenclaturas e denominações que o projeto “Levanta-te e vem para meio” que a “ASA” ensina a sociedade em seus cursos e treinamentos de capacitação profissional, inserção e inclusão de pessoas …

ASA, ferida crônica sangrando Leia mais »

Viva o Brasil, morra o trabalhador

Na segunda quinzena de junho de 2020 o Senado Federal votou e aprovou por unanimidade a suspensão por quatro meses das parcelas dos empréstimos consignados de aposentados e pensionistas do INSS, corroborando com a medida provisória do presidente Jair Bolsonaro, que decretara calamidade pública no Brasil em virtude da quebradeira generalizada A Câmara Federal composta …

Viva o Brasil, morra o trabalhador Leia mais »

Bandalheira no país do carnaval

Dois soldados e um cabo dentro de um jeep é o suficiente para fechar o Supremo Tribunal Federal. O senador Cajuru, fez elogios de cachorro dirigido ao Supremo Tribunal Federal. O processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, intermediado por um ministro do Supremo Tribunal Federal que decidiu não suspender por oito anos os direitos …

Bandalheira no país do carnaval Leia mais »

Ideias são mais fatais que armas

O Processo democrático brasileiro assegura a todos os acusados, indiferentemente do mais terrível crime que possa ter cometido, as seguintes garantias: amplo direito a defesa, direito ao contraditório, presunção da inocência e o fundamental direito de não fazer provas em seu desfavor. Esses direitos não foram estabelecidos por acaso, são proteções aos cidadãos oriundos do …

Ideias são mais fatais que armas Leia mais »

Insatisfação, a melhor justiça do mundo

Após 4 anos fui informado do teor de uma decisão esdruxula da corregedoria do Tribunal de Justiça do Piauí, em meus parcos conhecimentos imaginei que seus atos deveria ser exemplo para moralidade e decência de seus membros, por não haver lei para punir mentiroso sou obrigado a me conter ao amargar gigantesca injustiça deste casal …

Insatisfação, a melhor justiça do mundo Leia mais »

Péssimo gosto via internet

Nas tardes brasileiras o SBT veicula de segunda a sexta-feira um palco circense de péssima qualidade adjetivado de “triturando”, uma das apresentadoras, boçal, desprovida, ignorante e descompromissada  com estardalhaço atacou de forma vil  a honorabilidade, dignidade e a deficiência de um cadeirante que ao abalroar uma escada, desequilibrou um pintor que veio ao chão, em …

Péssimo gosto via internet Leia mais »

49ª Promotoria pública proíbe prioridade a deficiente

Sancionada lei que inclui pessoas com deficiência no grupo prioritário da vacinação contra covid-19 Foi sancionada pelo governador Wellington Dias a lei que estabelece prioridade das pessoas com deficiência para vacinação contra a Covid-19 no Piauí. A iniciativa é de autoria do Deputado Estadual Franzé Silva (PT) e vai beneficiar mais de oitocentas mil pessoas …

49ª Promotoria pública proíbe prioridade a deficiente Leia mais »

28ª Promotoria pública, contumaz em revogar Lei de Inclusão

Lei  7.465 de 14 de Janeiro de 2021 = Dispõe sobre a obrigatoriedade da colocação de etiquetas em Braille em peças de vestuário, no âmbito do estado do Piauí. Consta no Diário Oficial do Dia 15 de janeiro de 2021, Pag.12   Lei  7.477 de 18 de janeiro de 2021 = Dispõe sobre a obrigatoriedade …

28ª Promotoria pública, contumaz em revogar Lei de Inclusão Leia mais »

Promotores de almas sebosas

Nesta segunda feira 1º de fevereiro do corrente ano foi realizada a eleição para a presidência das duas casas legislativas do Congresso Nacional, senado e câmara, o senado composto por 81 parlamentares e a câmara alta do Brasil 513 deputados. Para desespero dos covidões, a eleição foi realizada presencialmente, fato que deve ter derrubado do …

Promotores de almas sebosas Leia mais »

Rolar para cima