A trajetória de um farsante

O radialista Joel Silva conquistou para si um comparsa, o operador de áudio Wellington Correia Lima que serve para ajudá-lo em suas arbitrariedades a frente de um programa de rádio levado ao ar nas manhãs teresinense de segunda a sábado. Esse radialista ao longo de sua trajetória comete uma miscelânea de irregularidades e desrespeito ao ouvinte e principalmente aquele que tem a independência, liberdade e consegue levar o mínimo possível pensar logicamente.

Um programa de rádio aberto a participação popular através do telefone o âncora do programa ao informar que o telefone para o seu contato é este (xxx xxxx) a partir de então ele perde o direito a preferência entre fulano e ciclano para evitar incidir na prática do crime de discriminação.

Uma emissora de rádio é uma concessão pública, significa dizer que pertence ao estado brasileiro e ao seu povo. A carta magna do Brasil garante a todos nós cidadãos e cidadãs o direito a liberdade de expressão, ao contraditório, a manifestação pró ou contra a qualquer tema. As garantias de direito que foi conquistada pelo povo brasileiro em memoráveis manifestações cívicas que culminaram com a redemocratização do Brasil quando foi alcançada à conquista máxima com a promulgação da constituição Federal de 1988.

Qualquer profissional de comunicação que por algum motivo desenvolva o projeto de cerceamento a liberdade de expressão, exclusão, proibição a livre manifestação ou quaisquer atitudes nesse aspecto de impedimento. Sabemos que o orgulho ferido, vaidade, individualismo, totalitarismo e egocentrismos são atributos que dá sustentação aos falsos destaques, aos ídolos da inutilidade que tentam a qualquer custo continuar no seu insano propósito de ludibriar a opinião pública vendendo ilusão e impondo a tradicional cultura da existência do (gato por lebre).

Para o seu conhecimento e entendimento amanhã quinta-feira 15/04/2010 farto documentário como termo probante deste deprimente relato que faço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *