Ao mau-caráter morto, sou indiferente

Alguns adágios da cultura brasileira são provas irrefutáveis de flexíveis atos e atitudes de oportunistas e descompromissados gestores públicos, vejamos: Para conhecer o ser humano dê poder a ele: “O bandido morto é facilmente transformado em santo; Quem não tem cachorro caça com gato; Bocado comido é bocado esquecido; Em terra de pouca farinha meu …

Ao mau-caráter morto, sou indiferente Leia mais »