Impunidade premiada

A juíza de direito togada Eliana Márcia Nunes de Carvalho, titular do juizado de pequenas causas centro, emitiu documento a corregedoria do Egrégio Tribunal de Justiça declarando que Carlos Antônio Rodrigues de Amorim, com deficiência visual, usa sua cegueira para promover denuncia como pretexto para receber atendimento privilegiado e diferenciado. A promotora de justiça do …

Impunidade premiada Leia mais »